top of page
lista
logo viver do seu fazer tipografia azul marinho.png

LISTA DE ESPERA

inscrições em abril/2024

Flor Branca Fundo Azul.png

A vida dos seus sonhos

Flor Branca Fundo Azul.png

precisa de dinheiro para se materializar. 

Mas ela é mais do que apenas um objetivo lá no horizonte; ela começa hoje com a sua forma de empreender.

caminhos.jpg

Você não precisa se vender ou ficar doente para viver bem do seu fazer.

Você pode seguir um método integral (ou seja: que cuida de você e do seu negócio) para ter uma
vida boa, bela e verdadeira enquanto empreende. 

EMPREENDER É MUITO DIFÍCIL.

isso é um fato.

Mas pode ficar MENOS DIFÍCIL com mentalidade certa, organização e estratégia.

mini sparkle marrom.png
LOGO VIVER DO SEU FAZER IMAGEM marrom.png

é o método para alavancar seu negócio e ganhar bem para você fazer o que ama.

Assista o vídeo abaixo e conheça os pilares essenciais da empreendedora que Vive do Seu Fazer:

Prancheta 1.png
infos de compra.png

compra segura

moldura quadrada.png
infos de compra.png

7 dias de garantia

moldura quadrada.png
infos de compra.png

1 ano de acesso

moldura quadrada.png

Veja o que as alunas acham do Viver do Seu Fazer

Gabi - Arquiteta 
@amarela.janela

A Gabi é arquiteta e entrou no Viver do seu Fazer 1 semana antes do seu segundo filho nascer. Ela estava na dúvida se era o momento pra ela, pois não queria se sobrecarregar no pós-parto. Mas o chamado foi maior e ela veio!  Depois do Viver do seu Fazer, ela conta que essa experiência foi tudo o que ela precisava nesse momento. Ao invés de estar emocionalmente debilitada e mentalmente exausta, ela sente paz e otimismo.

Anahi - Doula
@anahicubas.doula

"Procurei fazer a mentoria num momento de transição de carreira. Foi essencial para esse começo, para entender como eu transformo um trabalho que é tão de alma, tão de coração como é a doulagem, em um produto, para que ele possa ser rentável, para que ele possa trazer frutos, e também para que eu possa alcançar novas mulheres. Foi essencial para eu poder clarear e ter essa confiança de que é possível sim vender meu trabalho com alma e crescer com ele. "

Luisa - Cosméticos Naturais
@arie_herbal

“Passei por uma crise, me separei, a gente quase acabou a empresa… E você é a única pessoa que eu encontrei que fazia algum sentido fazer tudo isso e me ajudou muito, principalmente nesse momento de crise enorme que eu passei. Eu consegui crescer muito dentro da empresa, eu tenho conseguido enxergar melhor pra onde ela tá indo e pra onde eu quero que ela vá. O Viver do seu Fazer está sendo essencial.”

Jéssica - Astróloga
@jedearaujo_

“Eu acho que se eu não tivesse entrado na mentoria, nada disso estaria acontecendo. Talvez eu tivesse ainda patinando ali no ateliê, buscando feira, produzindo loucamente, deixando as minhas filhas de lado, deixa me deixando de lado e não estando feliz”

Depoimento escrito 1.png
Depoimento escrito 1.png
Depoimento escrito 2.png
depoimento por escrito.png

Conquiste a vida dos seus sonhos com empreendedorismo de propósito

próxima turma em abril de 2024

Prancheta 1.png

 Já tem muita gente falando sobre o tema, mas a verdade é que você não vai encontrar o que tem no Viver do Seu Fazer em nenhum curso convencional de empreendedorismo e marketing. 

Só ele tem uma abordagem integral - uma visão do todo, afinal seu negócio não é só seu produto, nem só suas vendas…

Seu negócio é um reflexo de você, sua missão e sua saúde. 

Por isso, você precisa cuidar de três pilares essenciais na vida de empreendedora:

Pilares com legenda.png
Pilares ícones.png
Pilares ícones.png
Pilares ícones.png

Mão que faz: seu fazer deve ser bom, belo e verdadeiro. Vou te ensinar as habilidades técnicas para oferecer da melhor forma o seu serviço, infoproduto ou produto físico.

Alma que vende: seu fazer é essencial para o mundo e por isso é seu dever comunicar, vender e ser resiliente durante esse processo.

Tempo que rende: seu fazer tem potencial de alcançar muitas pessoas e impactar diversas vidas; isso vai ser alcançado com gestão de tempo, administração de equipe e organização pessoal/empresarial. 

mao e celular horizontal.jpg

“Mas eu não consigo dar conta nem do que eu já faço, empreendendo sozinha e com as demandas da vida pessoal… Como vou me comprometer com mais um curso?”

eu te devolvo: não era para sua vida estar assim.

Não é para você estar afundada em demandas e tarefas, sem tempo para criar e contemplar; sem tempo para viver e amar

Você precisa de estratégia para gerir melhor seu tempo, potencializar seus resultados e trabalhar menos para ganhar mais

mini sparkle marrom.png

Eu quero te ensinar a chegar aonde eu cheguei de forma acertada e direta, sem as voltas de quem não sabe o caminho.

Nos últimos anos eu trilhei o caminho de empreender, ganhar dinheiro e viver a vida que eu sonho.

Mapa do Curso.png

Hoje

comunicação

identidade

ferramentas

gestão de tempo

Você vivendo do seu Fazer!

Eu quero entregar para você esse mapa:

reconhecer
   seu propósito

conceber o
      produto

crescimento

finanças

Isso é o que você vai encontrar no Viver do Seu Fazer:

+ 3 aulas ao Vivo no Zoom

check.png

comigo e minha equipe, para tirar dúvidas e acompanhar sua evolução

+ 3 aulas Bônus

check.png

que não podem faltar na vida da empreendedora

check.png

Início

  • Introdução ao método

  • Onde tudo começa: VOCÊ

  • Descobrindo seus porquês

  • Arco da Transformação: como você pode servir

check.png

Mentalidade

  • Os pilares

  • Mentalidade resiliente

  • Mentalidade da empreendedora

  • Mentalidade da mãe

  • Mentalidade da mulher

bônus profs.png

Gestão de tráfego
com Jaque da Donna Digital

bônus profs.png

Contabilidade descomplicada
com Lele da Digiconts

bônus profs.png

Empreendedorismo
feminino e regenerativo +
Organização financeira

com Fefê Ribeiro da Aflora

Veja se a sua última dúvida não está aqui:

  • Quando e como eu terei acesso ao curso?
    Automaticamente após a compra você vai receber o acesso a nossa plataforma por email. Se não encontrar, olhe no spam e busque por “greenn” ou “vida manual”. Se precisar de ajuda, nos mande email para contato.vidamanual@gmail.com
  • Queria muito fazer o curso mas achei caro... O que posso fazer?
    Um dos objetivos desse curso é te ajudar a dar alguns passos rumo a autosustentabilidade. Isso quer dizer que ele vai te mostrar formas de depender menos do dinheiro para ter o que você precisa. Vendo isso ao longo prazo, esse curso é um investimento, que vai te custar um valor inicial e vai te ajudar a economizar muito dinheiro e saúde pro resto da vida!
  • Eu não tenho muito tempo livre... Esse curso é pra mim?
    Hoje em dia é comum as pessoas dizerem que não tem tempo e dinheiro para fazer coisas, mas elas não percebem que estão usando todo o tempo que elas tem, trabalhando pra ganhar dinheiro e depois comprar prontas as coisas que elas não tem tempo de fazer... Quanto ao conteúdo do curso, há uma parte de aulas que te convidam a colocar a mão na massa, mas se você não conseguir achar tempo pra fazer isso, não tem problema. Assistir as aulas já vai te trazer um conteúdo incrível pra saber como os processos funcionam, pra que você possa comprar conscientemente.
  • Dá para fazer download das aulas?
    Não. A plataforma do curso é 100% protegida e de confiança, isso quer dizer que apenas quem se inscreveu no curso e faz parte da turma pode participar.
  • E se eu tiver dúvidas e precisar de ajuda?
    Temos um espaço no portal especial para que suas duvidas sejam respondidas IMEDIATAMENTE. O FAQ do CCM contém centenas de perguntas e respostas pra te ajudar no desafio que aparecer! Caso persista dúvidas, a equipe CCM está a disposição por email pra responder suas dúvidas específicas!
  • Para o hidratante aerado, posso usar o mixer ao invés da batedeira?"
    Pode bater se o mixer tiver aquele balão de batedeira (alguns tem pra mudar a cabeça). Se não, não vai ser tão eficiente e não vai ficar aerado. Nesse caso recomendo até bater na mão, com um fouet (batedor) ou um garfo. Requer um esforço no braço para bater bem rápido e incorporar ar, mas funciona!
  • Qual cera posso usar no lugar da de abelha?
    Você pode usar ceras vegetais, como a de carnaúba, candelila, etc... Existem algumas opções! É importante fazer a pesquisa específica para cera que quer usar, para entender como realizar a substituição. Esse extrato de um post do blog da Sabão e Glicerina pode ajudar a entender: "Quando você substitui uma cera por outra, o fator mais importante que você está procurando é a diferença entre os pontos de fusão. A Cera de Abelha, por exemplo, tem um ponto de fusão de 61-65 o C. Obviamente, se você vai substituir cera de abelha com uma cera com um intervalo de fusão de 80-85 o C, você precisará de concentrações mais baixas da cera. Por outro lado, se você vai substituir a cera de abelha por uma cera com uma cera de baixo ponto de fusão, precisará de concentrações mais altas dessa cera substituta.O equilíbrio entre a rigidez (ponto de fusão), espalhabilidade e a sensação proporcionada na pele deve ser ajustado por meio de tentativa e erro e de acordo com o clima do local em que o produto será comercializado, a embalagem e o conceito do produto." Aqui segue uma receita muito legal de loção, criada pela aluna Karine, usando cera de carnaúba: Óleo vegetal (usei o semente de uva) - 33% Óleo de côco - 15% Cera de carnaúba - 2,5% Água - 48% Óleo essencial - 0,5%
  • Posso substituir a manteiga de cacau? Como?
    A manteiga de cacau traz a dureza para que o hidratante se mantenha firme e não derreta. Existem poucas manteigas com dureza semelhante, mas com certeza encontra-se: Manteiga de cupuaçu, Karité, Murumuru… Caso você queira usar outro óleo que seja menos duro que ela (como óleo de coco, ou outro mais líquido), pode substituir mas recomendo usar menos óleo líquido ou adicionar uma cera para firmar.
  • Como posso substituir o óleo de coco no hidratante?
    Se você estiver usando o óleo de coco como óleo líquido, você pode substituir por qualquer óleo da mesma textura, como oliva, girassol, amêndoas, etc… Se você estiver usando ele sólido, você pode substituir por óleos que sejam sólidos como Manteiga de cupuaçu, Karité, Murumuru…
  • Qual a diferença de óleo de coco virgem e extra virgem? Qual é melhor?
    Os dois são muito bons! A diferença é que o virgem vem da polpa com aquela película marrom, e o extra virgem é só da polpa branca. Não faço questão que seja extra virgem, pois os dois são extraídos mecanicamente e sem refinamento!
  • Óleo de coco é comedogênico?
    O óleo de coco é considerado comedogênico, mas isso não quer dizer que não deva ser usado na pele. Ele pode tornar a pele mais propícia a acne, se for uma pele muito oleosa e com tendência a inflamação. Assim como qualquer outro óleo ou produto, pode reagir de forma diferente em cada tipo de pele. Por isso não confio em uma regra para todos. Acredito que a melhor coisa é cada pessoa testar e sentir. Por exemplo, uma pessoa com a pele seca pode sentir o óleo de abacate (que também é comedogênico) super nutritivo, e outra pessoa com a pele oleosa achar que ele deu acne.
  • Qual tipo de água usar?
    Uso SEMPRE a mesma água que tomo. Ou seja, a melhor e mais limpa possível. De filtro, mineral, de nascente, seja o que você tiver disponível. Se você sente que a água que você tem em casa não é boa, você pode comprar uma garrafa de água mineral e usar! MAS eu sou contra comprarmos água engarrafada, seja de qual tipo for: mineral, deionizada, destilada... Água é água e deveria ser sempre limpa e correr livre. (Quanto a algumas receitas que pessoas por aí diriam que TEM que usar água destilada. Eu acho frescura. Microorganismos vivem em TUDO nesse planeta, e fazem parte do sistema. Não tem e nem queremos fugir deles.)
  • Posso usar o mesmos utensílios (batedeira, mixer, liquidificador) da cozinha para fazer cosméticos?"
    Não vejo problemas em usar utensílios da cozinha. Inclusive acho desnecessário comprar utensílios novos exclusivamente pros cosméticos. Nosso objetivo é simplificar e ter MENOS. Todos os cosméticos são feitos com ingredientes naturais e que poderiam ser ingeridos... Então no quesito segurança, não tem problema algum!
  • Posso usar um óleo (de coco, cacau, etc) desodorizado?"
    Os óleos desodorizados podem ser usados nas receitas normalmente. Eu, pessoalmente, não gosto de consumi-los pois são óleos que passaram por refinos adicionais. Prefiro sempre usar óleos mais virgens possível.
  • O bálsamo funciona sem a cera de abelha?
    Sem a cera, o bálsamo será puramente óleo/manteiga. Não vai ser tão encorpado e não ficará na pele por tanto tempo.
  • O que é cera de abelha purificada ou filtrada?
    Se for filtrada mecanicamente (seria uma cera peneirada, para retirar partículas de impureza, tipo pedacinhos de abelha). É importante perguntar a quem está te vendendo a definição da purificação, se é algo químico ou mecânico.
  • O que você acha sobre opções naturais “anti age” / anti idade, como ácido hialurônico, vitamina C, cremes específicos, etc?"
    Acho que essa pergunta poderia nos render uma conversa de muuuitas horas <3 Por agora eu posso te dizer o que EU sinto em relação a isso, que pode ser diferente do que outras pessoas pensem, e tudo bem... Não tem produto que faça mágica. Nao tem produto que faça a pessoa que tem 47 anos parecer que tem 20. Sinto que primeiramente é muito importante repensarmos por que temos tanta aversão ao envelhecimento, por que tanto produto anti aging? Acho que essa reflexão já pode trazer uma aceitação do nosso corpo, nosso ciclo natural e o tempo das coisas. Depois disso, obviamente, existem peles mais saudáveis e equilibradas do que outras, e isso inclui um espectro grande de hábitos. Alimentação, habitat, saúde emocional, genética, etc... Nosso corpo é um reflexo de tudo o que o alimentamos. Então não tem segredo que resolva, não tem creme que tampe as falhas de hábitos desequilibrados. Então, eu, pessoalmente, nao focaria em produtos que façam minha pele envelhecer menos, mas sim em hábitos que me ajudem a envelhecer melhor, com mais saúde, equilíbrio e felicidade! Nossa pele nada mais é do que o envoltório de um corpo, complexo e interconectado. Para entender a pele, precisamos olhar de dentro pra fora!
  • Posso substituir óleos essenciais por tintura mãe / garrafadas / extratos alcoólicos?
    Pode! Lembrando que essas opções são muito menos concentradas do que os óleos essenciais, então não trariam tanto aroma a não ser que usando uma grande quantidade. Adicionar uma grande quantidade de um aditivo líquido/alcoólico vai mudar a textura e efeito do hidratante. Lembrando que o álcool pode ressecar a pele. Recomendo fazer seus testes e se aventurar nos experimentos!
  • Como escolher o sabonete para o demaquilante?
    Recomendo usar qualquer sabonete natural feito artesanalmente. Nesse caso, um sabonete feito de óleos e soda cáustica. No módulo de saboaria falamos mais sobre isso!
  • Óleos são biodegradáveis? Óleo é insolúvel em água, isso o torna poluente?"
    Os óleos vegetais não poluem a natureza pois são parte dela. Parte das plantas, são encontrados de forma natural nas sementes, folhas, etc... (Diferente dos óleos minerais, que deveriam ficar abaixo da crosta terrestre, sem serem extraídos e refinados, como o petróleo). Mas isso não quer dizer que possamos descartar de qualquer forma. Obviamente, uma grande quantidade de óleo em um rio por exemplo, ficaria boiando e causaria desequilíbrio, causando poluição (poluição entende-se a introdução pelo homem, direta ou indiretamente, de substâncias ou energia no ambiente, provocando um efeito negativo no seu equilíbrio, causando assim danos à saúde humana, aos seres vivos e aos ecossistemas). Mas uma semente (que contém muito óleo) cai no rio o tempo todo, e isso não a torna poluente. Então a ideia de poluição muitas vezes é uma questão de quantidade e equilíbrio do ecossistema. No caso do óleo, eu nunca despejo óleo na água (no esgoto, por exemplo) pois como sabemos, isso causa desequilíbrio. Caso eu tenha que descartar óleo (o que raramente faço, pois prefiro transformá-lo em sabão), prefiro jogar na terra. A terra tem seus microorganismos que são os maiores biodegradadores, e rapidinho transformam esse óleo em nutrientes disponíveis para outros animais e plantas. No caso do óleo que passamos no corpo e depois parte acaba parando na água por conta do banho, não é uma quantidade significativa para poluir. Ele é como se fosse a semente que caiu no rio!
  • O óleo de coco fica sempre líquido onde eu moro. Posso usá-lo como óleo líquido?
    Sim! Considere a textura do óleo aquela que se apresenta no lugar e tempo em que você deseja usá-lo! Por exemplo, se no verão o óleo de coco esta líquido, use-o como óleo líquido na receita. Caso você esteja fazendo no inverno para usar no inverno, e ele se encontra sólido, considere essa a textura na receita.
  • O que você acha da cera de soja?
    Já usei mas não uso mais pois ela não tem uma procedência muito legal. Normalmente vem de soja transgênica e na verdade não é uma cera realmente em sua composição. A cera de soja é na verdade o óleo de soja hidrogenado, por isso não se comporta como uma cera quando fazemos uma emulsão. Prefiro ceras vegetais como carnaúba ou candelila.
  • Gostaria de saber mais sobre a argila branca e outros tipos.
    A argila puxa a oleosidade da pele e ajuda a desintoxicar metais. Eu costumo usar só a branca pois gosto de simplificar e manter meu "estoque" de ingredientes e produtos bem mínimo. Pra falar a verdade nunca senti uma grande diferença nas diferentes propriedades de argilas de cores diferentes... Sei que elas podem ser diferentes, mas no meu uso nunca senti uma diferença gritante. Vai de cada um!
  • Tudo bem se o copo do liquidificador for de plástico?
    Não tem problema pois os ingredientes não estão super quentes. Não recomendo deixar plástico em contato com óleos essenciais por muito tempo, mas se for para misturar rapidamente, não tem problema também.
  • Posso usar óleo de coco no demaquilante?
    Pode sim! E funciona super bem! Mas caso faça temperaturas mais baixas onde você mora, ele pode solidificar e dificultar o uso se estiver em um spray.
  • Posso usar hidrolato ao invés de água na loção? Como ele muda o produto?
    Pode usar e ele pode fazer com que a loção dure mais tempo, pois tem propriedades conservantes dos resquícios de óleo essencial.
  • Posso misturar óleos essenciais nas receitas?
    Pode! Desde que você siga as proporções!
  • Como lavar os utensílios depois? Ficam muito oleosos.
    Água quente! O que eu amo é levar os utensílios pro chuveiro comigo e aproveitar o que ficou nas tigelas para hidratar todo o corpo! A água quente ajuda a tirar tudo e depois fica super fácil de lavar com sabão!
  • Se eu não usar cera de abelha (ou um substituto) na loção, vai dar certo mesmo assim?"
    Não! Sem a cera, a água e o óleo não vão emulsionar, ou seja, vão se separar.
  • Você esteriliza os potes? Como recomenda esterilizar?
    Eu pessoalmente não sinto necessidade de esterilizar, apenas lavar bem! Mas vai da sua preferência. Sinto que os produtos são bem auto conservantes, e esterilizar é um pouco inútil pois estamos abrindo e colocando os dedos no pote o tempo todo... Então na verdade as bactérias e fungos vão chegar no produto. Só não vão se proliferar pela natureza auto conservante dos ingredientes. Se preferir esterilizar, uma boa forma é fervendo os potes em uma panela com água por 10 minutos, e logo em seguida colocar no forno quente para secarem. (Apenas com água fervendo já funciona, se quiser pular a etapa do forno).
  • Como adicionar cor no bálsamo labial?
    A forma mais fácil é usar pigmentos minerais (micas ou óxidos). Pigmentos vegetais normalmente não são solúveis em óleo e torna a pigmentação impossível, pois o pó se separa do bálsamo. O único vegetal que já consegui para dar cor se chama Alkanet Root. É uma raiz que seu pigmento é solúvel em óleo! Dá um rosinha bem bonito! Infelizmente nunca encontrei no Brasil.
  • Como descartar produtos a base de óleo?
    Se for uma quantidade pequena, pode ser descartado como você descartaria qualquer orgânico! O ideal seria descartar em ambiente em que ela possa se biodegradar (compostaria em composteira maiores, sem ser minhocarios, que são muito delicados. Ou jogaria na natureza mesmo!).
  • Você indica essas receitas para corpo e rosto?
    Sim! Eu amo simplificar e mostrar que vocês podem usar essas mesmas receitas para qualquer parte do corpo. Existe uma possibilidade imensa de modificações para tornar o produto mais específico. Tipo adicionar aditivos, mudar os óleos, óleos essenciais, etc!
  • Qual conservante você recomenda para fazer a loção durar mais tempo?
    O conservante que eu uso as vezes se chama Leucidal, feito de enzimas da fermentação de rabanete. Nao encontro ele aqui, compro fora do Brasil e trago, nesse site: https://www.aroma-zone.com/info/fiche-technique/conservateur-leucidal-aroma-zone.
  • O que fazer se meu bálsamo está ficando muito duro? Posso derreter e mudar a receita para salvar?
    Você pode colocar menos cera ou substituir os óleos duros por líquidos. Sim! Você pode derreter e reformular quantas vezes quiser!
  • Posso derreter os óleos em microondas ou direto na panela?
    Prefiro sempre derreter no banho maria para não aquecer demais e queimar os óleos.
  • Como fazer a água ensaboada pro demaquilante? Tem uma quantidade certa de sabão?
    Eu normalmente faço de olho! Usei um punhadinho de mão! Se você for fazer para vender, ou algo assim, dá pra pesar e anotar pra sempre fazer igual :)
  • O que você recomendaria para fazer um hidratante para o rosto? Posso adicionar vitaminas ou ácidos?
    Todas as receitas desse módulo funcionam muito bem pro rosto! A verdade é que precisamos de muito menos do que achamos, e nosso corpo é resiliente e se adapta... Então o que recomendo é você testar e ver como se adapta... Testar óleos diferentes e SENTIR! Só você vai sentir o que é melhor pra você. Sobre adicionar coisas, eu tendo a simplificar e não adicionar coisas assim... Pois são isolados feitos em laboratório e é muito difícil rastrear a origem. Os óleos virgens e puros já tem propriedades incríveis pra pele.
  • O que é um óleo virgem?
    Virgem é um óleo que foi prensado a frio e não passou por nenhum outro processo além da prensagem física.
  • Quais ferramentas usar para medir?
    Na maioria das receitas eu prefiro usar balança. Acho mais prático e preciso. Mas sei que algumas pessoas gostam de usar medidas. Por isso tento colocar outras formas de pedida além do peso nas receitas. As medidas podem ser colher ou xícara (usando medidores oficiais! Tipo aqueles de confeitaria), ou simplesmente a proporção (partes). A maioria das receitas podem ser feitas usando as medidas assim, pois não precisam ser exatas. A única receita que precisa ser exata é na saboaria, e para isso é muito essencial ter uma balança! É possível encontrar balanças digitais (de cozinha) por 20-50 reais!
  • Posso usar os hidratantes de pele no cabelo?
    Sim! Óleos são super essenciais no meu cuidado com o cabelo. Meu óleo preferido é o de gergelim, ele é super hidratante (diferente do de coco que resseca bastante os fios) e gosto de usar só ele, passar bastante e deixar agindo por no mínimo 24h. Faz uma hidratação super profunda. Também gosto de usar a loção como um finalizador de pontas! Funciona super bem. A manteiga aerada também pode ser usada no cabelo! Recomendo você testar e sentir o que funciona pra você! A maioria das receitas tem óleo de coco, mas ele está misturado com outros óleos bem nutritivos (como manteiga de cacau) o que torna a mistura menos ressecante!
  • Fiz a loção uma vez e deu super certo mas nessa última vez eu fiz e ficou com excesso de água. Oq sera que fiz de errado?
    É difícil te dar a certeza do que deu errado, pois nao estava com você pra ver o processo que você realizou. Isso nunca aconteceu comigo e no geral acho que a loção é um produto que dificilmente nao da certo… Pode ter sido pesagem errada de ingredientes (o mais provável) ou talvez um ingrediente diferente… Não sei! É importante que você observe com o que você tem ai pra entender o que aconteceu. De longe e difícil de saber!
  • Tenho usado bastante o hidratante e a loção mas minhas roupas estão ficando com um cheiro horrível que não está saindo na lavagem. Tipo cheiro de gordura velha, sabe? O que pode ser? Na pele o cheiro fica ótimo, absorve bem. Mas nas roupas fica um cheiro muito ruim. Como mudar isso?"
    Isso nunca aconteceu comigo, mas pensei que 2 coisas podem ajudar: 1. Passar o hidratante e esperar ele ser absorvido um pouco antes de colocar roupas! Assim ele fica na pele e não na roupa. 2. Passar menos hidratante, pra isso nao acontecer e também para evitar o desperdício. Quando eu passo, aplico o suficiente para espalhar bem na pele, sem ficar com uma camada de óleo na pele.
  • Como moro num lugar muito quente, tem problema do óleo de coco na receita do sabonete?"
    Na receita do sabonete não importa se o óleo de coco estar liquido. Depois de saponificar, todos os oleos viram sabao solido.
  • As manteigas podem ser refinadas e desodorizadas para fazer os cosméticos?
    Como falo na aula "3.2 O que buscas em um óleo", eu dou preferencia a óleos virgens e orgânicos sempre que possível. Os oleos depois de refinados não possuem aroma (que é maravilhoso) e tem todas suas vitaminas e propriedades queimadas. Perdem completamente suas características naturais.
  • O óleo de coco palmiste que eu comprei não é branquinho como eu vejo o da Fabi, ele puxa pra cor creme. O óleo de Palma é amarelo ouro/laranja. As vezes vejo receitas de sabonete onde foi usado os dois e a cor do sabonete não fica laranja.Qual a diferença?Será que é porque o que eu comprei é prensado a frio?"
    O óleo palmiste pode variar de branco a creme. Acho que pelos vídeos pode ficar com uma cor alterada, mas ele é creme mesmo! Quanto ao palma, normalmente ele é creme também. A palma é o dendezeiro, do óleo de dendê! O óleo de palmiste vem da semente do fruto, e óleo de palma e o óleo de dendê vem da polpa. O óleo de palma na verdade é o óleo de dendê refinado. O que usamos é um óleo orgânico que passa por um refino físico e não tóxico, segundo a empresa que produz. No geral, prefiro usar o palmiste, por não ser refinado. Mas as vezes é bem dificil de encontra-lo :(
  • Juntei as manteigas e bati com uma batedeira mas não ficou aerada, porque?"
    É importante que depois de juntar e derreter as manteigas, você esfrie elas e espere endurecer, e depois disso bater. Elas ficam aeradas apenas se estiverem pastosas/solidas ao bater. Se mesmo assim ela derreter e ficar liquida, quer dizer que voce precisa colocar mais manteiga dura (de cacau por exemplo) ou um pouco de cera de abelha para manter a estrutura. Isso pode acontecer em lugares muito quentes
  • Posso usar o café depois de ter passado?
    Pode usar o café coado sim! A diferença é que esse café terá menos propriedades, pois grande parte da sua essência já foi passada no café. Além disso, esse café estará molhado, então deve-se usar o esfoliante no mesmo dia! Caso você queira fazer pra armazenar, é melhor usar o cafe novo seco!
  • Posso fazer a aplicação diária da máscara com qualquer tipo de argila - cinza, preta, branca, verde, etc...?"
    Algumas pessoas sentem que isso pode ressecar a pele. Depende de como você sente isso na sua pele! Para TUDO recomendo você testar e sentir por si!
  • Estou tendo dificuldades para aplicar a máscara de aveia sem desperdiçar uma boa parte, teria alguma dica?"
    Para máscara de aveia é legal misturar com um líquido pra fazer a pasta, assim você tem mais controle na aplicação.
  • Posso misturar a máscara em óleo vegetal para fazer uma pasta?
    Pode! Como o óleo é conservante, pode misturar e deixar pronto, ele dura por bastante tempo.
  • Como fazer máscaras em pasta / creme?
    Depende! Tem pessoas que usam alguns ingredientes que eu nao curto muito usar... Tipo glicerina, cera btms... Mas depende muito da máscara. Já vi algumas que são o pó + mel... Depende.
  • Como funciona a máscara de mel e limão? O limão não mancha a pele do rosto?
    Se você escolher usar limão na pele, não tem problema desde que não se exponha ao sol. Os cítricos mancham quando expostos ao sol, então é importante lavar bem depois e preferencialmente usar a noite.
  • Como a aveia se comporta a longo prazo na máscara? Não há o risco de carunchar, por exemplo?"
    Desde que ela fique armazenada em um pote bem fechado, vai se conservar como qualquer ingrediente seco se conservaria! Se onde você mora é muito úmido e as coisas costumam carunchar, você pode guardar na geladeira. É importante que você misture o pó com água apenas quando for usar!
  • Qual o benefício do açúcar no esfoliante? Seria só para gerar atrito ou tem alguma propriedade nutritiva?
    O açúcar é mais pela textura que gera atrito e esfolia mecanicamente! Ele não é absorvido pela pele (seus cristais são muito grandes) então não tem propriedades nutritivas para a pele.
  • Posso substituir o açúcar por sal no esfoliante?
    Dependendo da parte do corpo que for usar, não recomendo substituir por sal pois ele é extremamente ressecante e pode até causar irritação (se for usado no rosto por exemplo). Sal não se diluiria no óleo, pois assim como açúcar, não são solúveis em óleo e sim em água!
  • Você diz para evitar açúcar nas receitas mas usa açúcar no esfoliante. Fiquei confusa…
    O problema do açúcar é ele com água. Açúcar sozinho, como sabemos, não estraga. No caso do esfoliante ele está misturado com óleo e não água. Óleo é outro ingrediente que se conversa muito bem. Por isso esse esfoliante se conserva tão bem!
  • Posso adicionar algum óleo essencial no pó da máscara de argila?
    Pode!
  • Percebi que aqui no curso você usou mais a argila branca. Seria porque essa argila é mais recomendada para rituais diários?
    Eu normalmente uso a argila branca por que sinto ela mais delicada... Mas pode usar a que você se conecta mais! Sinto também que todas têm propriedades parecidas. A ação geral da argila não muda muito com sua cor...
  • Posso misturar a máscara com hidrolato?
    Pode sim! Qualquer líquido que você preferir. Água, hidrolato, infusões...
  • Como posso fazer as máscaras frescas como por exemplo a de babosa, pepino ou abacate?"
    O simples ato de amassar um abacate e aplicar na pele já faz uma máscara maravilhosa! Existem infinitas receitas online para mil misturinhas de máscara. A criatividade é o limite mesmo! Recomendo você ver o que sua pele está precisando e aí fazer uma mistura com alguns ingredientes. Pra fazer, voce pode só bater no liquidificador, ou amassar com um garfo mesmo (dependendo do ingrediente). Usando essa receita em pó, você pode misturar o pó com a pasta do abacate, ou babosa por exemplo!
  • Qual é a função do alumínio na argila? O alumínio tem benefícios para a pele?
    Não consigo te dar certeza de nada pois realmente não existem estudos conclusivos, mas posso te passar minha perspectiva. Uma coisa que sabida e comprovada abertamente é que o alumínio é um metal pesado tóxico para o corpo em certas quantidades, sendo ligado a doenças como alzheimer e câncer. Porém o alumínio é um elemento que ocorre naturalmente no nosso corpo, nas plantas e na crosta terrestre. Sua toxicidade para os humanos depende da quantidade e a procedência. Em alguns produtos como o desodorante, vemos uma alta toxicidade por se tratar de um alumínio que não está ocorrendo naturalmente e que contém um cristal pequeno suficiente para ser absorvido pelo nosso corpo. No caso da argila, diferente dos produtos industrializados tóxicos, se encontram traços de alumínio NATURAL. Nesse caso, a molécula de alumínio além de estar em pequena quantidade, se apresenta de forma mais difícil de ser absorvida pelo corpo. Compartilho com você um texto de um link interessante que encontrei que diz: "A estrutura molecular da bentonita (argila branca), especialmente a alta carga negativa da partícula de sílica de alumínio, torna impossível a penetração do alumínio em nossos sistemas. Em vez disso, o alumínio deixa nossos corpos à moda antiga - junto com as toxinas e impurezas com carga positiva às quais o barro se uniu. No nível químico, grande parte dos benefícios de cura da argila depende do alumínio." https://www.redmondclay.com/2012/what-about-the-aluminum-in-redmond-clay. Ou seja, segundo esse link, o alumínio na argila traz uma propriedade mais desintoxicante.
  • Quando uso a válvula com água pura ela borrifa certinho e o líquido sai como uma névoa porém quando uso com o desodorante o spray sai como um jato contínuo, não borrifa e fica muito ruim de aplicar, isso acontece mesmo?"
    Isso pode acontecer pelo desodorante estar muito grosso (muito leite de magnésia) ou pelo spray estar com algum defeito! Para mim, quando o desodorante está na concentração certinha, sai bem uniforme o spray!
  • O “pózinho” do leite de magnésio entope o spray. O que fazer?
    Infelizmente essa é uma das coisas chatas desse desodorante. De tempos em tempos ele entope o spray e ainda não encontrei solução além de trocar a válvula. Percebo que quando uso com freqüência o desodorante (diariamente) ele entope menos. Também ajuda dar uma limpada na saída com o dedo/unha de tempos em tempos. Espero logo encontrar uma solução para não ter que jogar a válvula fora! É possível colocar o desodorante em um potinho roll-on (reaproveitando de um desodorante comprado). Assim ele nunca entope! A Magale, aluna do CCM, fez isso e ainda adicionou 15ml de óleo de coco na receita, tornando o desodorante mais cremoso. Ela disse que deu super certo!
  • Qual a função do álcool destilado na composição do desodorante líquido?
    O álcool torna o desodorante mais forte, pois ajuda a matar os microorganismos que já estão na axila e podem causar mal cheiro. Ele também torna o desodorante mais volátil, assim ele seca mais rápido na pele depois de aplicado.
  • No lugar da cachaça (no desodorante), será que posso usar um rum que tenho encalhado no armário?"
    Não! Deve ser um álcool sem açúcar.
  • Gostaria de saber se tem alguma recomendação na hora de comprar o leite de magnésio?
    Eu uso o da phillips. Ele é bem fácil de achar nas farmácias. Você pode usar qualquer um, recomendo os sem sabor e que não contenham ingredientes além de água e hidróxido de magnésio.
  • Você tem estudos científicos que falem da toxicidade do alumínio?
    Infelizmente não se encontra muitos estudos em português, mas se precisar você pode traduzir o texto no tradutor. Também acho importante lembrar como é difícil comprovar que um produto criado por uma das indústrias mais poderosas do sistema seja de fato maligno a saúde. Por exemplo, existem estudos que comprovam a toxicidade do alumínio no corpo humano. Mas não existe comprovação de que o desodorante (que contém alumínio) cause doenças. Para mim é algo lógico. Mas é triste não conseguirmos confiar na ciência 100% pois muitas vezes os estudos necessários para comprovar as suspeitas nao sao feitos por conta de dinheiro e influência. Toxicidade de aluminio em humanos: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26922890 Aluminio, antiperspirantes e cancer de mama: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16045991 Aluminio e cancer de mama: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23899626
  • No desodorante sólido, posso colocar o óleo essencial na mistura enquanto ainda está quente ou morna ou devo esperar esfriar?"
    É importante colocar enquanto ainda está líquida, para incorporar bem. Então pode colocar quando quente ainda!
  • Consigo trocar o leite de magnésia pela pedra hume?
    Eu não gosto muito de usar a pedra Hume na pele pois ela é composta de alumínio, que é tóxico para o corpo. Dizem que é uma opção mais saudável de desodorante pois o cristal do alumínio dela é maior, então não é absorvido pelo corpo como o alumínio presente em desodorantes industriais. Mesmo assim, existem algumas teorias contra o uso da pedra. Eu particularmente prefiro usar o leite de magnésia.
  • Tem algum substituto pro bicarbonato no desodorante sólido? Já testei alguns sólidos com bicarbonato, mas minhas axilas ficam muito irritadas."
    Você pode tentar fazer sem o bicarbonato, apenas com argila e amido, eles já seguram bem!
  • Você já experimentou o uso do própolis em receitas como o desodorante por ex, pela função bactericida, fungicida, antiprotozoário e anti microbiótico?"
    Nunca testei mas pode ser bem interessante!
  • No desodorante sólido, posso colocar outro tipo de óleo em vez do de coco, por exemplo o óleo de semente de uva?"
    Pode, mas a textura será um pouco diferente pois o óleo de coco as vezes se apresenta duro. O óleo de coco também é conhecido por suas propriedades antimicrobianas, então pode mudar um pouco na eficácia também.
  • O leite de magnésia ou o bicarbonato mancha roupa se aplicado diretamente na peça?
    O leite de magnésia não mancha. O bicarbonato em si também não, mas os óleos da receita podem manchar um pouco depois de um certo tempo de uso.
  • Alguma dica para fazer um desodorante mais forte para pessoas que suam muito?
    Você pode aumentar a % de leite de magnésia, ou até usar ele puro com óleos essenciais! A receita de desodorante sólido eu não mudaria pois ela já é bem forte! Também não mudaria a concentração de OE por que eles são bem fortes e podem queimar se usado muito concentrado!
  • Posso colocar leite de magnésia no desodorante sólido?
    Nunca tentei. Mas tem que ficar atenta por que o leite de magnésia é líquido (contém água) e óleo e água não funcionam muito bem juntos. O produto estragaria mais rápido pois os óleos ficariam rançosos!
  • Qual álcool de cereais você recomenda?
    Eu prefiro usar cachaça pois é mais fácil de encontrar orgânica! O álcool de cereais é um produto mais barato mas na maioria das vezes com procedência desconhecida e com certeza de agricultura convencional e transgênica! As vezes uso, quando o custo da cachaça fica inviável pro produto!
  • No desodorante líquido, o álcool não faz mal pra pele?"
    Na receita ele está bem diluído e não afeta muito! Se fosse uma alta concentração e passado em uma parte da pele tipo rosto, aí sim seria bastante agressivo. Caso você sinta que sua pele é sensível e não está se dando bem, pode não colocar e o desodorante ficará bom mesmo assim!
  • Sou alérgica a bicarbonato, posso fazer o desodorante sem?"
    Você pode fazer sem o bicarbonato! Isso vai fazer com que o desodorante seja mais suave e talvez não funcione para alguns. Mas vale tentar! A argila, óleo de coco, cera de abelha e óleos essenciais são ótimos controladores de bactérias, por isso pode ser que sem o bicarbonato o desodorante funcione! Se não, o de leite de magnésia é a melhor opção.
  • Meu mixer está esquentando e está demorando para chegar no traço, o que fazer?"
    Se você estiver batendo há muito tempo e o mixer estiver esquentando, você pode fazer pausas. O sabonete não precisa bater sem parar. Você pode deixar ele parado uns 10 minutos, voltar e bater um pouco mais, e assim por diante. Mas SEMPRE fique por perto para checar se ele está endurecendo pois isso pode acontecer muito rápido do nada!
  • Quando cortar o sabão?
    Corte o sabão assim que estiver duro. Para saber, você pode pressionar com o dedo assim que firmar. Ele deve estar em uma textura de queijo duro, duro o suficiente que dê para cortar sem se deformar, mas macio o suficiente para que não quebre ao cortar. Isso varia de receita para receita. Tem receita que chega nesse ponto em 3h, outras em 48h… É importante não deixar muito tempo antes de cortar, pois algumas receitas fazem barra muito dura e que racham ao cortar. Você ainda pode usar esse sabonete, mas o aspecto do corte não vai ficar tão uniforme.
  • Já ouvi falar que o sabonete deve curar por 4 semanas antes de usar, é verdade?"
    Existem dois motivos pelos quais os saboeiros falam para deixar curando por 30 a 40 dias: 1) Por que acham que a soda cáustica continua agindo por dias. Por que eu discordo: É cientificamente comprovado que a soda e o óleo reagem em menos de 24h. Ou seja, todo o óleo vira sabão pois 100% da soda reagiu. Isso se você calculou e pesou bem os ingredientes. Em receitas com soda demais, não tem jeito, será um sabão agressivo e com excesso de soda. 2) Para curar (secar) e fazer com que o sabonete fique mais duro. Por que eu discordo: A maioria dos saboeiros usam uma proporção de 1 para 3 (soda e água). Ou seja, fazem sabonetes extremamente hidratados, o que resulta em um sabonete mole que derrete muito rápido e precisa de tanto tempo de cura para secar a água. Eu prefiro usar apenas a quantidade de água necessária, e assim não preciso que meu sabonete seque. Cheguei a essas conclusões depois de muitos experimentos e estudos. Os dois acompanhados do meu tio, formado em química, que me ensinou a fazer sabão. E vejo a comprovação frequentemente com todos que usam os meus shampoonetes: Todos dizem que eles duram muito mais do que qualquer outro sabonete natural (pois são bem mais duros).
  • Preciso testar o Ph do sabonete?
    É bem legal testar sim! Hoje em dia não testo todos os sabonetes que faço pois conheço e confio nas minhas receitas. Mas para ter mais controle, é legal! Para testar use um Phmetro ou fitas medidoras. Esse vídeo é bem legal e explica como testar o Ph usando as fitas: https://www.youtube.com/watch?v=rQ_ACHPcu4w&t=333s
  • Preciso usar termômetro para fazer o sabonete?
    Eu não uso, mas se você se sentir mais segura, pode usar. A temperatura consigo sentir com a mão, por fora dos recipientes. 50 graus é a temperatura limite para tocar e deixar a mão (mais quente que isso, nossa pele não aguenta a permanência). E conhecemos bem a temperatura ambiente, então é fácil reconhecer a temperatura de 30 a 50 graus.
  • Tem alguma forma de fazer o sabonete sem papel manteiga?  Se não, o que fazer depois com o papel pra não gerar lixo?"
    A forma com zero lixo é usar forma de silicone! Sabe essas de bolo? Elas não grudam. Então pode despejar a massa direto! Mas queria lembrar também que eu re-utilizo esse papel muuuitas vezes. Acho que já conseguí reutilizar umas 5 vezes. É só desenformar com cuidado para não rasgar!
  • Sempre posso misturar água e soda cáustica na proporção de 1:1? Nas receitas que já vi, sempre se usa bem mais água, por que?"
    Eu sempre uso a proporção 1:1 de água e soda. Alguns saboeiros usam uma proporção maior de água. O que eu acho extremamente desnecessário, pois isso resulta em um sabão mole que precisa de semanas de cura para ficar pronto pra usar. E ainda sim, ele fica mole e derrete super fácil no banho, durando muito pouco.
  • Qual água devo usar para fazer meu sabão/sabonete?
    A água recomendo usar a agua que voce usaria pra beber. Água de torneira normalmente tem muito tratamento químico e não acho legal! Usaria de um filtro ou água mineral.
  • Como calcular os óleos essenciais para o sabonete?
    A medida máxima recomendada é de 3% de óleos essenciais. 30ml são um pouco menos do que 3%. Para medir, uso uma colher medidora de confeitaria.
  • Para fazer sabão ou sabonete, posso substituir o mixer por outra ferramenta (liquidificador ou batedeira)?"
    Infelizmente não tem como substituir o mixer! Usar liquidificador ou batedeira é bem arriscado, pois o risco de espirrar a massa para fora é bem grande, então não recomendo nem um pouco! Uma alternativa seria bater na mão, com um batedor (tipo fouet). Nesse caso, deve prestar super atenção pra ter certeza que os óleos estão misturando mesmo com a soda, e você levará bem mais tempo para chegar no traço. Mas não é impossível! É assim que se fazia antigamente. Caso você for fazer, faça num dia com tempo, e pode tirar descansos, deixar a massa descansando. Não precisa bater sem parar. Mas dê uma mexidinha de vez em quando pra ter certeza que a massa está bem!
  • Qual potência para o mixer você recomenda? (Quantos Watts?)
    Recomendo comprar um mixer com 400W ou mais de potência, pois quando fazemos sabonete, se demanda bastante da máquina pois ela fica ligada por bastante tempo. Mas não tem problema se o seu for menos potente. Eu tenho um de 200W, e eu simplesmente vou dando descansos pra ele quando sinto que está ficando muito quente. Então demoro mais tempo pra bater. Eu bato por uns minutos, e depois paro e espero uns 10 pra voltar.
  • Posso “derreter” o sabão e remodelá-lo?
    É possível sim "derreter" o sabão e remodelá-lo, porém não é tão fácil como derreter chocolate. Isso se chama rebatch (você pode pesquisar vídeos no youtube!). Eu já fiz e dá bem certo! Você tem que ralar o sabão o mais fino possível, depois colocar no banho maria e mexer bastante. Vai acrescentando água para ajudar a derreter. Você não conseguirá derreter 100%, ele jamais se tornará líquido. Um sabão de rebatch tem vários gruminhos, é mais rústico e normalmente mais mole, pela água acrescida.
  • Como você sabe a quantidade de cada óleo para colocar na calculadora?
    A quantidade total depende de quando sabão você quer fazer (1kg, 2kg, etc...). Tendo a quantidade total, você divide pelos óleos que quer usar, levando em consideração a proporção que quer de cada um… Ou seja, 10, 20, 30, 50%… A proporção de cada óleo encontramos de acordo com as características que eles trazem. Na apostila tem uma tabela que pode te ajudar com isso! Mas os óleos SEMPRE vão virar sabão. Mesmo que você use 100% de um óleo só. Então não tem como dar errado. É uma questão de equilíbrio das características de cada óleo: textura, espuma, dureza, nutrição, etc...
  • Então você usa o sabonete no cabelo?
    Sim!! Uso esse sabonete no cabelo e no corpo. Sempre com superfat 8% pois meu cabelo é seco. Ajuste o superfat para o seu tipo de pele/cabelo!
  • O que você usa de condicionador?
    No módulo de vinagre falo sobre o condicionador que uso!
  • Existe uma receita dedicada para crianças pequenas?
    Não costumo fazer receitas específicas pois como eu sempre falo, produtos naturais já são suaves em sua natureza e funcionam para qualquer idade. Mas tem sim algumas coisas que podemos fazer para tornar um sabonete mais específico para peles sensíveis como de crianças: Usar óleos nutritivos e mais quentes (evitar o de coco por exemplo), usar um superfat alto (mínimo 8%), uma concentração menor de óleos essenciais e escolher aqueles que sejam mais suaves e relaxantes.
  • Como faço sabão colorido?
    Você pode usar o que quiser! A criatividade é o limite. Vegetais em pó, micas, óxidos, argilas…
  • O custo da matéria prima para fazer o sabonete é muito cara. Você tem alguma dica para fazer mais barato?
    O ingrediente que deixa os sabonetes naturais caros é o óleo essencial. Você pode usar menos óleo essencial, ou até não usar nenhum. E sim, quando você calcula o valor de uma receita, parece caro. Mas dividindo no valor das barrar, o valor é incomparável a comprar sabonete naturais prontos. Você consegue fazer um sabonete que custe de 4 a 9 reais a barra.
  • Você não utiliza antioxidantes? (oleoresina de alecrim e vitamina E)
    Não utilizo. As receitas e ingredientes são auto conservantes, e não vejo nenhuma necessidade de adicionar conservantes. Mas para quem sente que prefere, pode usar!
  • Posso usar leite ou leite vegetal no lugar da água no sabão?
    Nunca usei mas ja vi varias pessoas usando e funciona muito bem! Para usar, é só usar no lugar da água! Do que já pesquisei, é recomendado congelar o leite (se for leite animal) e usar parte do líquido congelado, para esfriar a mistura, pois o calor provocado pela reação da soda pode queimar o leite, mudando a cor e textura.
  • Eu queria entender como você chegou no cálculo de matérias primas para o sabonete… Porque  esses números quebrados... Não poderia arredondar?
    Os números não precisam ser quebrados, os meus ficaram pois parte de uma porcentagem de cada óleo pra chegar no peso. Mas isso não importa. O que importa é você passar a sua receita na calculadora e tem a quantidade certa de soda pros óleos que você escolheu!
  • O que posso fazer com o resto de sabonete? Quando corto sobram uns pedaços/raspas, pode usar para o sabão em pó, por exemplo?"
    Você pode sim usar pra fazer sabão em pó! Dá pra usar pra várias coisas... Já usei para enfeitar a próxima leva de sabonete (olha o vídeo de como fazer sabonetes bonitos!), já guardei eles e coloquei num pote pra usar pra lavar louça, ou num saquinho de pano e dá pra usar no banho!
  • Preciso usar vários óleos diferentes para fazer sabonete / sabão? Ou posso usar 100% de um óleo?
    Pode sim usar 1 óleo só! Mas dependendo do óleo, pode ser que seu sabonete tenha características demais desse óleo. Tipo um sabonete 100% coco é bem limpante e ressecante, um sabonete 100% girassol vai ser um pouco mole, etc. Mas dá certo sim!
  • Quero usar um óleo no sabonete que não em na calculadora de sabão. Como fazer?
    Às vezes não encontramos óleos mais exóticos mesmo na calculadora. O que eu faço é pesquisar "índice de saponificação” para NaOH (soda cáustica) e o nome do óleo no google. Fiz isso e descobri que a ucuuba é de 220. Depois, pesquiso diversos óleos mais conhecidos, para encontrar um que chegue mais perto. Nesse caso, o de coco é o mais similar, com um índice de 240. Aí você coloca seleciona na calculadora o de coco! Caso esteja usando os dois (coco e ucuuba), é só somar a quantidade e colocar o valor lá!
  • Como posso colocar cera de abelha no sabonete?
    Você pode saponificar a cera de abelha como um óleo e colocar na calculadora (ela está na lista). Não recomendo colocar uma % grande de cera no sabonete pois ela não é um óleo.
  • Que tipo de aditivo posso colocar no sabonete? Posso usar alimentos como cacau, nozes moídas, vegetais em pó como beterraba, gengibre e açaí e frutas secas?"
    Não recomendo adicionar coisas que tenham muita açúcar, tipo frutas secas. Tem que analisar caso a caso! Eu usaria cacau, açaí em pó, beterraba em pó, gengibre e outros alimentos como: spirulina, chia, curcuma, etc... Alimentos que tenham pouco açúcar!
  • Não entendi muito bem a porcentagem (%) dos óleos no sabonete. Como chegar a elas?
    A porcentagem é só uma questão de equilíbrio das características que cada óleo trás para o sabonete pronto (dureza, espuma, hidratação). Independente da %, seu sabonete vai dar certo desde que você sempre passe na calculadora para usar a quantidade certa de soda para saponificar o óleo específico. Desde que a quantidade de soda esteja certa, o óleo vai saponificar e virar sabão, mesmo sendo 100% de um único óleo.
  • Coloquei meu sabonete / sabão na forma e está muito quente, é normal?"
    É normal sim! A saponificação segue reagindo por 24h depois do início, então é normal que o sabonete fique bem quente na forma.
  • Posso usar óleos velhos que estão rançosos para fazer sabão?
    Sim! Recomendo usar óleos velhos para fazer sabão para limpeza! Para sabonete preciso usar óleos com qualidade.
  • Você tem dica de tamanho e preço para vender o sabonete?
    Tamanho de sabonete eu gosto das barras de 100g. O valor depende muito de você, mas eu sempre me mantenho entre 2 e 3x o custo. Lembrando que o custo dos ingredientes é uma parte pequena dos custos operacionais de um negócio, então é legal levar tudo em consideração!
  • É possível usar liquidificador de vidro ao invés do mixer para fazer sabonete?
    Eu não recomendo pois é muito perigoso, esquenta a massa e incorpora muito ar.
  • Meu sabonete está suando, o que está acontecendo?"
    Isso quer dizer que ele está em um lugar muito úmido e não está conseguindo secar direito! Recomendo colocar em um lugar mais seco. Gosto de armazenar em uma caixa de papelão, isso ajuda a manter sequinho! Uma solução rápida é colocar as barras no sol por 1 dia (não deixei muito no sol, pois pode o sabonete pode perder seu aroma e coloração) e ele vai ficar bem sequinho. Depois armazene em um lugar seco.
  • Você tem alguma dica para fazer sabonete pra bebês?
    Há algumas semanas fiz uma leva pro meu bebê que está para chegar <3 Usei óleo de coco (da dureza e espuma), manteiga de cacau (como o óleo de coco pode ser um pouco ressecante, acho incrível usar manteiga de cacau pra balancear, ela é suuuuper hidratante e dá uma suavidade). Esses dois por si só já são incríveis, ai outros que da pra adicionar (caso você encontre de boa procedência) é palmiste, palma, óleo de amêndoa, karite.
  • Meu sabão está demorando muito para chegar no traço, o que eu faço?"
    Às vezes pode demorar mesmo. Depende da receita, dos óleos, etc… Primeiro, recomendo ter paciência e seguir batendo. Às vezes pode demorar até 1h para chegar no traço. Se você estiver batendo há muito tempo e o mixer estiver esquentando, você pode fazer pausas. O sabonete não precisa bater sem parar. Você pode deixar ele parado uns 10 minutos, voltar e bater um pouco mais, e assim por diante. Mas SEMPRE fique por perto para checar se ele está endurecendo pois isso pode acontecer muito rápido do nada! Se em 1h a textura não engrossou nem um pouco, pode ser que algo esteja mesmo errado com sua receita ou pesagem dos ingredientes. Nesse caso, dá para salvar a receita adicionando 1 tampinha de álcool na massa. Isso faz com que o sabão endureça muito rápido! Então fique de olho. NÃO recomendo fazer isso para toda e qualquer receita. Apenas para situações especiais para salvar um sabão que não engrossaria. Normalmente isso pode acontecer com sabão de óleo usado.
  • Posso separar a massa do sabonete para fazer diferentes aromas?
    Pode! Porém recomendo ter certa experiência para fazer isso. Ou seja, não faça vários sabonetes diferentes de um vez quando estiver aprendendo a saponificar. É preciso entender como a receita que você está usando se comporta para que não dê errado (endureça muito rápido e você não dê conta).
  • Qual o melhor tipo de embalagem pro sabonete? Devo deixá-los embalados? Se sim depois de quanto tempo devem ser embalados?
    Eu gosto de armazenar os sabonetes em uma caixa de papelão, assim eles conseguem respirar e se mantém sequinhos e curando com o tempo. Eu guardo imediatamente depois do corte, mas nao tem problema se você quiser deixar ele aberto para respirar mais. Se você busca uma embalagem para venda, eu gosto de embalar em papel.
  • O sabonete natural tem validade?
    O sabonete natural tem validade indeterminada. É um produto auto conservante que se mantém por muitos anos. O que pode acontecer é perder o aroma do óleo essencial ou cor, ou ficar rançoso com o tempo (quando se tem um superfat muito alto), mas ele ainda pode ser usado.
  • A massa do meu sabonete esfarelou enquanto eu fazia. Por que?
    Isso pode acontecer por alguns motivos… É importante investigar para entender o que aconteceu. 1.Pode ser que você bateu o sabonete por muito tempo e passou do traço, assim ele endureceu muito rapidamente. Nesse caso, bata menos da próxima vez e seja rápida para despejar a massa na forma! 2.Quando se esfarela pode ser excesso de soda cáustica, e isso é perigoso para a sua pele. Recomendo fazer o teste de ph para ter certeza que o sabonete está ok para uso. (Pesquise aqui no portal como testar o ph de sabonetes!)
  • A água para diluir a soda pode ser hidrolato ou uma infusão/chá?
    Pode! Ele pode perder algumas propriedades, mas no geral se mantém bem, afinal de contas o hidrolato vem de um processo que envolve calor!
  • Usar a concentração de água e soda em 50% não vai deixar o sabão com o pH alto?
    Nao, a agua nao regula o ph do sabonete. O que determina o ph do sabonete é a reação da soda com o óleo. A água serve apenas como veículo para a soda, e ela evapora depois da barra pronta. Ou seja, quanto mais água, mais mole será o sabonete e maior o tempo de cura. Por isso prefiro usar menos água!
  • Se usar um chá ou infusão na receita do sabão, com a reação da soda cáustica, o cheiro permaneceria?"
    Pelos testes que eu já fiz, o cheiro fica sim mas bem suave! Nesse caso fiz uma infusão beeem concentrada (fervendo por bastante tempo para evaporar a água e ter um chá bem forte).
  • O óleo de  girassol tem algum especifico ou pode ser aquele que as pessoas geralmente utilizam para cozinha?
    Esses que geralmente se usa de cozinha é transgênico e altamente refinado. Já não tem quase nada de propriedades para a pele (no caso de usar para condicionar a pele). Se for a única opção acessível, você pode sim usar para fazer sabão. Mas eu não recomendo consumir esse óleo nunca! Não só por ser altamente refinado, mas por todo impacto ambiental que sua produção provoca.
  • Se eu quiser usar essa receita para fazer um condicionador ou shampoo sólido é possível? Seria só alterar a quantidade de super fat?
    Não. Esse processo é de saboaria e produz sabão/sabonete. Então o resultado será um produto limpante (dissolve gordura), o contrário de um condicionador. Não se recomenda passar o superfat de 15%. Como explico no vídeo, mudando o superfat você pode fazer um shampoo sólido sim (mais nutritivo do que sabonete)! Mas não pode fazer um condicionador.
  • Como podemos ter certeza de que o sabão está de fato nutrindo a pele, e não apenas escorrendo pelo ralo?"
    O sabão não nutre a pele. Ele é um agente limpante, dissolvendo gorduras. Ele acaba nutrindo a pele quando temos um superfat, mas ainda sim seu papel não é de nutrir, e sim limpar. A melhor forma de nutrir a pele é com óleos!
  • A receita de sabonete e sabão do curso rende quantos sabonetes de quantos g?
    Depende do tamanho que você cortar. Essa receita tem +-1kg e para venda eu normalmente cortaria em 10, dando 10 barras de 100g. Mas aqui em casa gosto de cortar essas barras de 100g pela metade, que elas duram mais no chuveiro!
  • Onde a gente pode encontrar mais receitas de sabonete e xampunete?
    Você pode criar as suas, com os óleos que quiser! Sempre passando pela calculadora <3 Na internet se encontram algumas opções de receitas prontas, ainda mais se voce pesquisar em inglês, se for uma possibilidade pra você. Ai é só pesquisar "cold process soap recipes".
  • Seria possível fazer tipo um shamponete, mas condicionador, usando vinagre na receita no lugar da água?"
    Isso não funcionaria pois o ph alcalino da soda é justamente o que faz a reação, tornando o óleo em sabão. Se você misturar soda com vinagre, você estará misturando um ácido com um alcalino, resultando em neutralização.
  • Quais melhores óleos para se usar em um sabão para peles de bebê, que são mais sensíveis?"
    Gosto muito de oleo de coco, manteiga de cacau, óleo de amêndoas (se encontrar um sem ser refinado)... Esses óleos que são mais suaves e nutritivos. E colocar um superfat mais alto, de 10% por exemplo.
  • Caso eu queira incorporar algum componente mais fresco no sabonete, por exemplo a babosa, eu poderia adicionar na fase final da receita?"
    Se for um ingrediente líquido, pode incorporar como o líquido para misturar com a soda. Mas depende de caso a caso! É preciso tentar e ver! A babosa eu adicionaria na água da soda.
  • Qual é a vantagem que vc considera do método cold process sobre o hot process?
    Acho o coldpress mais rápido, prático, seguro e exige menos esforço físico. Na minha opinião, a massa do hot process fica muito quente e firme, e exige mais esforço pra ficar mexendo. Além disso o sabonete de cold fica mais liso e na minha opinião mais bonito!
  • Por que devo misturar a soda cáustica em lugar arejado? O vapor pode machucar?
    Inalar o vapor da soda cáustica pode causar irritação e queimadura no trato respiratório. Dependendo do nível de contato que você tiver com a fumaça, pode causar danos graves. É preciso ter cuidado.
  • Não estou encontrando soda cáustica 90% meu companheiro comprou a 65% vale a pena tentar?
    Não vale! Já tentei e não saponifica :(
  • Qual balança você recomenda?
    Eu tenho uma que vai até 3kg. Essas que vão até 3, 4, 5kgs são boas! Acho que tudo depende do volume das receitas que você quer fazer. Se você quiser fazer muito sabão por exemplo, vai precisar de uma balança que suporte alguns kgs.
  • Qual é o benefício ambiental e financeiro de fazer os próprios sabonetes para limpeza da casa, em vez de comprar pronto no mercado?"
    A primeira questão a de ressaltar é o impacto que o sabonete do mercado tem no meio ambiente e na nossa saúde. Eles na verdade na maioria não são sabonetes/sabões pois nem são feitos através do processo de saponificação (óleo+alcalino). São detergentes, um componente sintético e tóxico feito para imitar o sabão. Mas ele é muito mais agressivo e pode causar irritação da pele pois simplesmente leva toda gordura que encontra no caminho. Além disso esses detergentes são comprovados tóxico e tem estudos os ligando com câncer e problemas de pele. No quesito ambiental, esse ingrediente obviamente polui nossos recursos naturais, como a água onde ele corre depois do nosso banho. Além do detergente, os sabonetes de mercado vem acompanhados de outros ingredientes sintéticos, não biodegradáveis (poluem nossos recursos naturais) e tóxicos pro nosso corpo como fragrâncias, corantes, etc... Pensando no quesito financeiro, não tem como... O do mercado é mais "barato" justamente por ser feito com esses ingredientes de tão baixa qualidade. Mas o barato sai caro... Quanto isso custa para nossa saúde e o planeta? Assim, tendo como prioridade usar apenas sabonetes feitos através do processo de saboaria (naturais e biodegradáveis), vemos claramente o benefício financeiro de fazer os próprios sabonetes. Pois comprar sabonetes naturais é bem caro... Não só pelo custo que ja é alto, mas toda a mão de obra. Por exemplo... Um sabão que vai custar 4 reais pra produzir, voce compraria por 15... Então vale muito a pena fazer o seu.
  • Não tenho ambiente externo onde moro, posso misturar a soda e água em ambiente interno?"
    Sim! Ao lado da janela já está bom! E longe de pets!
  • A porcentagem de superfat muda o Ph do sabão?
    Sim! Com certeza. Pois quanto mais super fat, mais acido (óleo) o sabão terá. Então será menos alcalino.
  • Ouvi dizer que as propriedades medicinais dos óleos não sobrevivem / queimam na saponificação. Tem alguma forma de preservar essas propriedades?
    As propriedades se perdem ou mudam. É importante lembrar que o objetivo do sabão é limpar e não especificamente ser absorvido pela pele. Para um tratamento medicinal, melhor focar em bálsamos, tônicos, etc... Produtos que de fato serão aplicados com o objetivo de serem absorvidos pela pele.
  • É possível usar extrato de plantas ao invés de óleo essencial no sabonete?
    Você pode usar o óleo que vai usar no sabonete para infusionar com a planta e extrair seu aroma, e usar isso no sabonete! No caso de extratos alcoólicos, não recomendo usar pois o álcool reage com o sabão e pode mudar a textura da massa completamente, resultando em um desastre!
  • Em relação aos óleos essenciais, na saboaria devemos levar em consideração as contraindicações deles? Exemplo, um sabão de hortelã pimenta seria contraindicado para gestantes, lactantes, epiléticos, crianças menores do que 7 anos?"
    Sim! eu levo em consideração as contraindicações de óleos essenciais para sabonetes também! Por mais que seja um produto de arraste, ainda estaremos exalando o aroma e tendo impacto aromaterápico do óleo essencial! Mesmo na pele, ja vi o impacto dos óleos essenciais. Por exemplo, uma vez fiz um sabonete com OE de canela, que é forte e bem quente. Para mim era tranquilo, mas uma amiga usou no bebê dela e a pele dele ficou vermelhinha e um pouco irritada.
  • Posso colocar a mistura final do sabonete em moldes individuais, ou isso alteraria o processo de sabão e o resultado final?"
    Pode sim! Isso não altera o resultado final! Apenas precisa ter agilidade pois a massa pode endurecer bem rápido e não dar tempo de despejar em todas as formas!
  • Tem pedaços de soda na água. Isso é normal?
    Não! A soda deve dissolver 100% na água. Para isso, misture bem. Não junte o óleo se a água tiver cristais não dissolvidos.
  • Preciso triturar ervas / flores para colocar no sabonete? Ou posso usa-las inteiras?
    Tanto faz, o que você preferir. Lembrando que elas em pó, trará outra textura e aparência do que inteiras.
  • Como posso carimbar os sabonetes?
    Quanto eu carimbava, usava um carimbo firme (fiz com uma amiga que tinha uma máquina de laser). Com esse carimbo, colocava sobre a barra e batia com um martelo, assim ficava a marca! Recomendo fazer logo depois do corte do sabonete, quando ainda não está super duro.
  • Não dissolvi as escamas por completo na água e  meu sabonete não deu certo. Tem como salvar?
    Eu não recomendo usar sabonetes que tenham escamas de soda não dissolvidas. Isso quer dizer que cristais de soda estão flutuando no sabão e podem te queimar quando você usar. Infelizmente nesse caso eu descartaria o sabão.
  • Fiz um sabonete com muito óleo de oliva (azeite) e ficou muito mole. O que fazer?
    Alguns óleos, como o de oliva, resultam num sabão mais mole mas vão endurecendo com o tempo. Deixe ele curando em lugar arejado para que endureça!
  • Coloquei meu sabão na forma mas ele demorou muito para endurecer. Quando ficou mais firme, estava separado em duas partes: em cima com óleo e embaixo mais firme. O que aconteceu?"
    Isso acontece quando a soda e óleo não se misturaram de forma correta. Pode ter acontecido por: 1. A soda não foi dissolvida completamente na água, assim ela não saponificou os óleos por completo. 2. Você não bateu a massa por tempo suficiente para os óleos e a água emulsionarem. Infelizmente nesses casos não tem muito o que fazer, é necessário descartar o sabonete pois seria muito arriscado usar. Eu não recomendo usar sabonetes que tenham escamas de soda não dissolvidas. Isso quer dizer que cristais de soda estão flutuando no sabão e podem te queimar quando você usar. Infelizmente nesse caso eu descartaria o sabão.
  • Não consigo encontrar características de óleos exóticos na internet. Como saber como eles se comportam no sabonete?
    Essa é uma das belezas dessa alquimia, o convite de nos aventurar em experimentos desconhecidos e testar! Infelizmente muitas vezes não encontramos informações sobre ingredientes mais exóticos na internet, e o único caminho é testar e fazer sua própria pesquisa!
  • Tem perigo de manchar a pele se eu usar óleo essencial de algum cítrico no sabonete?
    Não, pois o sabonete é um produto de arraste que vai limpar sua pele e ser enxaguado com água, ou seja, não vai deixar grandes resquícios na pele!
  • Meu sabonete começou a borbulhar e abrir buracos. O que aconteceu? Tem como salvar?
    Isso se chama vulcão de sabão, acontece quando a saponificação foi feita em temperaturas altas demais. Ou seja, você não deixou a água com soda ou os óleos esfriarem o suficiente. Assim, enquanto saponificava, a reação foi provocando mais e mais calor, a ponto de ferver a massa. Você ainda pode usar o sabão! Isso não muda sua composição, apenas a aparência.
  • A massa do meu sabão ficou com pequenas bolhas de ar. O que fazer para evitar isso?
    É preciso ter cuidado enquanto bate a massa, sem levantar e abaixar o mixer demais, pois isso vai introduzindo ar na massa. Com o tempo percebi que alguns mixers introduzem mais ar do que outros (pelos seus formatos). Com alguns mixer que já usei, tive que escumar uma espuma da superfície da massa na tigela, pois introduziram muito ar. Isso é uma opção… Outra dica para tirar o ar da massa é, assim que colocar na forma, bater ela com cuidado em uma superfície lisa, para liberar as bolhas de ar. As bolhas são só um detalhe estético, mas não interferem na eficácia do sabonete!
  • Posso usar recipientes de cerâmica no processo de saboaria?
    Sim! Mas cuidado pois o Ph do sabonete pode corroer esmaltes de cerâmicas. Então recomendo usar as mais simples e não usar cerâmicas caras e especiais pra você… No geral, prefiro usar tigelas de inox mesmo! Como molde, pode usar potes de cerâmica sim. Mas caso você queira que o sabonete solte do molde, deve-se forrar com papel manteiga. Caso você queira que o sabão fique la dentro (como um sabão para deixar na pia para esfregar a bucha para lavar a louça), pode colocar a massa direto.
  • Posso usar spirulina no sabonete?
    Pode! Fica um verdinho lindo!
  • Quando vou cortar meu sabão, ele quebra pois está muito duro. O que fazer?"
    Seu sabão está quebrando por que você demorou muito tempo pra cortar! Fique de olho nele e assim que estiver firme, desenforme e corte. Isso pode acontecer entre 3 e 48h.. Então fique de olho!
  • Posso fazer sabonete/sabão sem balança?
    Não recomendo nem um pouco, pois é essencial ter precisão na hora de medir a soda cáustica!
  • Se fizer eu for fazer outra receita, posso usar os mesmos recipientes?"
    Eu não gosto muito pois fica um pouco no recipiente, e vai ficando duro. Pode ser que a segunda massa fique com uns gruminhos... Mas pode fazer sim :)
  • Quando você usa a solução líquida para limpar a mesa, por exemplo, não fica sabão na mesa depois de limpar?"
    Normalmente não fica não. É uma solução mais diluída, não é como passar sabão puro. Em casos que eu passe bastante, passo depois um pano úmido pra tirar o sabão, ou gosto de finalizar com vinagre, como falaremos no próximo módulo!
  • A minha máquina de lavar só aceita sabão líquido. Existe alguma forma de mexer nas proporções da receita para que o sabão fique mais gelatinoso e não solidifique?
    Você pode colocar mais água na soda, assim o sabonete não vai ficar tão duro. Mas não vai ficar líquido! Mas tem duas formas de tornar essa mistura líquida: Misturar com água e deixar durante a noite, depois passe por uma peneira para tirar os gruminhos. Ou misturar e levar no fogo para que tudo derreta mais rápido, e peneirar depois. Infelizmente não tem como mexer na receita e fazer mais mole. Essa forma de fazer sabão usando hidróxido de sódio é SÓLIDA. Para fazer um sabão que derreta e fique mais mole, deve-se usar hidróxido de potássio, num processo de produção de sabão líquido. Caso você queira explorar isso, recomendo você pesquisar e assistir vários vídeos no youtube, pois é um processo um pouco diferente.
  • Para o detergente é possível adicionar alguma essência natural tipo um suco de limão/chá etc para deixar um aroma mais agradável?
    Para o detergente é possível adicionar óleo essencial sim. Um chá não mudaria muito o aroma pois não é forte o suficiente. Mas eu acho uma pena, pois seria um desperdício de um recurso muito precioso e medicinal.
  • Como você lava o pote que mistura a soda? Pode lavar normalmente? Você usa luvas?
    Eu enxaguo com cuidado para tirar o excesso de soda, e depois encho de água e espero as 24h para lavar. Não uso luvas. Caso você queira lavar imediatamente, pode passar vinagre no recipiente (neutraliza a soda) e ai lavar normalmente.
  • Como coloco óleo de cozinha na calculadora de sabão?
    É só colocar na calculadora o oleo que voce usa. Seja de girassol, canola, soja... Caso você esteja reutilizando óleo de cozinha e tem uma mistura de vários óleos diferentes, não se preocupe. Os óleos utilizados na cozinha são normalmente de soja, canola, oliva ou girassol, e esses tem todos níveis de saponificação iguais. Nesse caso, você pode escolher qualquer um deles e simular a receita como se estivesse usando um tipo de óleo só.
  • A mistura com soda pode esquentar muito e rachar o pote de vidro?
    Sim! Por isso prefiro sempre usar um recipiente de inox!
  • Se eu for vender o sabão / sabonete, como listo os ingredientes? Pois depois de saponificado, o sabão não tem soda cáustica. O que coloco no rótulo?"
    Normalmente eu escrevo: óleos de ...(os óleos que vc usou) saponificados. Assim já esta claro que eram óleos e que eles foram saponificados com a soda cáustica e viraram sabão e glicerina.
  • Sou nova no mundo da saboaria e segundo suas indicações comprei a manteiga de cacau e o óleo de girassol na engenharia das essências, mas só encontrei manteiga de cacau desodorizada e óleo de girassol refinado. Onde que eu consigo esses ingredientes orgânicos, virgem, mais puros?"
    Infelizmente tem sido bem difícil ter constância nos fornecedores de óleos orgânicos no Brasil :( Como dependem de safras e as vezes de exportação, o óleo que encontramos hoje pode ser que não encontremos amanhã… Por exemplo, eu encontrava em uma loja de orgânicos que eu vou (Lia Toss, em Florianópolis) o óleo de girassol orgânico. Mas eles pararam de fornecer por algo que aconteceu na safra… Respondendo sua pergunta, infelizmente os óleos orgânicos não sei onde encontrar na internet com um bom preço, mas acho que dando um google você encontra algumas opções. Gosto bastante da manteiga de cacau orgânica da Amma. Os óleos que eu uso (girassol, que agora nao é mais orgânicos mais ainda é o virgem) e manteiga de cacau orgânica eu encontro em lojas locais na minha cidade.
  • Coloquei o oleo essencial na massa do sabonete e começou a endurecer muito rápido. Por que isso aconteceu? Ainda posso usar o sabonete?
    Isso acontece pois alguns óleos essenciais aceleram o endurecimento e fazem chegar no traço muito rápido. Mas o sabonete ainda é perfeitamente bom para uso, tanto no corpo quanto para limpeza. Por isso eu adiciono o óleo essencial quando o traço está bem leve ainda. Com a prática, a gente vai entendendo como cada óleo essencial reage no sabonete. Pela minha experiência, os óleos com característica quente fazem isso. Tipo óleos essenciais de madeira (Canela, cravo...).
  • Tem alguma diferença de essência aromática pra óleo essencial?
    Sim, essência é um composto sintético que imita um aroma natural. Elas são feitas em laboratórios, são chamadas de aroma, perfume ou fragrância e são conhecidas por serem disruptores endócrinos (imitam hormônios no nosso corpo e causam desequilíbrios, resultando em doenças).
  • Gostaria de saber qual a diferença de OE de Lavanda e OE de Lavandim e se é muito significante essa diferença na saboaria.
    A diferença é que são duas variedades de planta diferentes. Mas as duas tem aroma e propriedades bem parecidos. O Lavandim, por render mais oleo (é possível extrair mais óleo essencial da flor), tende a ser mais barato. Encontrei esse blog que explica um pouco! https://anawanke.com/2017/02/14/lavanda-e-lavandin/
  • Como posso fazer a receita de shamponete e sabão de coco líquidos ao invés de sólidos?
    Os sabonetes líquidos são feitos de forma similar ao que fazemos no curso, só que ao invés de hidróxido de sódio, se usa hidróxido de potássio. Logo farei uma aula ensinando como fazer sabonete líquido!
  • Eu moro em uma cidade beeem quente (ultimamente tem feito quase 40º) e nessa época o óleo de coco fica líquido. Se eu usar a receita do shampoonete do curso, ele não vai ficar muito mole? Seria interessante mudar a proporção ou até o oleo? Ou se deixar curar por mais tempo ele endurece mesmo?"
    Não tem problema! O óleo quando saponificado deixa de ser óleo e se transforma em sabão. Isso transforma completamente as suas características. O sabão de coco fica super duro, independente se o óleo fique duro ou mole em temperatura ambiente.
  • Fiquei na dúvida em como cortar as barras de sabão iguais, tipo um padrão de tamanho. Você usa algum utensílio para elas ficarem do mesmo tamanho?"
    Pra Caixa Florinda usamos um fatiador de sabonete pois comercializamos e precisamos do tamanho exato. É tipo uma caixa de madeira com um corte pra passar a faca (pesquisa no google!). Mas quando faço sabonete pra mim corto no olho mesmo!
  • Por que o sabonete / sabão ficou duro e esfarelou do nada muito rápido?
    Isso normalmente acontece quando saponificamos a temperaturas muito altas. O calor acelera muito a saponificação, endurecendo a massa muito rápido. Os óleos ou a água com soda estavam quentes quando voce misturou? Caso não seja isso, as vezes essa dureza pode ser simplesmente uma característica dos óleos que você usou. Cada óleo traz uma característica pro sabonete e alguns saponificam muito rápido e ficam muito duros. Só descobrimos isso na prática, então caso você esteja fazendo um sabão que sabe que isso acontece, pode usar mais água na mistura da soda pra que a massa não fique tão dura. (Ao invés de 1 pra 1 de soda e agua, use 1 pra 1 1/2). Caso o endurecimento tenha ocorrido repentinamente logo após adicionar o óleo essencial, pode ser uma característica desse OE. Óleos essenciais com perfil mais “quentes” (canela, gengibre...) aceleram a saponificação e endurecem a massa rapidamente. Nesse caso deve-se adicionar o OE quando a massa estiver ainda em traço leve.
  • Todos os shampoonetes que eu faço o ph fica entre 7, 8 ou ate 9, tentei pesquisar, mas não consegui entender o que seria melhor para os nossos fios!   Poderia me ajudar com essa questão e além disso se é possivel alterar o ph das receitas na calculadora? o que deve mudar? o superfart mais alto?"
    O normal é ficar entre 8 e 9 mesmo! Sabonetes são alcalinos por natureza, é uma característica essencial para que ele desempenhe sua função. Nunca vi um sabonete ficar em ph neutro, 7. Mas se o seu fica melhor ainda pra pele e cabelo. Mudando o superfat pode ser sim que o ph mude um pouco, mas nada drástico! Não é possível mudar o ph na calculadora, pois realmente o ph alcalino é uma característica do sabonete. É por isso que recomendo o uso do vinagre para neutralizar os fios (no módulo de vinagre).
  • Onde posso encontrar vinagre natural?
    Em mercadinhos naturais ou feiras orgânicas!
  • Durante o processo de fermentação precisa mexer o vinagre ou só deixa ele parado?
    Só deixar parado! Quanto menos mexer melhor!
  • Esse vinagre tem qual porcentagem em média?
    Não sei te dizer a %, pois precisaria de um teste laboratorial. Ele é menos ácido do que os de supermercado com certeza.
  • O processo que você ensina para fazer vinagre é o mesmo que kombucha?
    Não. A kombucha também é um processo de fermentação mas um tanto diferente, onde deve-se introduzir uma cultura de leveduras específicas, e não vai maçãs, e sim chá verde ou preto.
  • Posso usar vinagre de kombucha (kombucha fermentada por muito tempo) no lugar do vinagre de maçã?
    Sim!
  • Tônicos capilares, usando vinagre diluído em chás ou hidrolatos (aplicando com borrifador) precisam de enxágüe?"
    Não necessariamente. É opcional! Eu gosto de enxaguar quando passo vinagre por conta do cheiro.
  • O vinagre no sol pode manchar a pele? (Por exemplo, quando lavar o cabelo ao ar livre e usar o vinagre para enxaguar)"
    Eu já usei muito no sol (lavando o cabelo ao ar livre) e nunca me manchou! Mas sempre enxaguo depois do uso. Por ser um produto bem ácido, é bom ficar de olho pra qualquer sensitividade da sua pele!
  • Para usar o vinagre no banho você costuma deixar o vinagre no banheiro ou sempre na geladeira? Ele estraga fácil?
    Gosto de deixar no banheiro pra ficar mais acessível, mas tanto faz. E nao, ele nao estraga nuuunca! (pois contém bactérias que o mantém vivo e também os ácidos que conservam)
  • Meu vinagre já formou o biofilme e parece estar bem, mas ainda está muito doce. O que eu faço pra ele ficar mais azedo?"
    Eu deixaria por mais algumas semanas! Se quiser dar uma ajudada, coloca umas colheres a mais de vinagre pronto, pra ver se dá um boost nas bactérias!
  • Meu vinagre está aguado, o que posso fazer?"
    Adicione mais açúcar e deixe fermentar por mais tempo. Esse açúcar se transformará em ácido acético, deixando o vinagre mais azedo. É bom lembrar também que o vinagre natural é normalmente menos ácido do que os de mercado (um pouco mais aguado).
  • Qual proporção de frutas como uva e abacaxi para fazer vinagre?
    A mesma que maçã!
  • Quero fazer a mudança já para o condicionador, mas meu vinagre ainda não está pronto. Tudo bem eu começar usando o orgânico do mercado enquanto isso, certo?"
    Tudo sim! Quando não faço meu vinagre, uso o orgânico que encontro por aqui! Até o convencional do mercado serve, só tem todas as questões ambientais e de saúde de produtos convencionais. Mas funciona!
  • Eu tentei fazer vinagre com casca de banana uma vez e não funcionou, mofou. Tem alguma ideia porque?"
    A banana tem bastante amido e isso é um ótimo alimento para mofo... Ajudaria você colocar mais vinagre no começo para começar o processo. Assim a mistura ficaria com um Ph mais ácido e impediria a proliferação do mofo.
  • As maçãs na superfīcie do meu vinagre sempre mofam. O que posso fazer para evitar o mofo e oxidação?
    O que recomendo se você sentir que sempre mofa é colocar um peso para que as maçãs fiquem submersas em líquido e não expostas ao oxigênio, ou também adicionar mais vinagre no início para manter o ph mais ácido desde o começo e evitar proliferação de microorganismos indesejados.
  • Esse vinagre que você ensina no curso pode usar pra comer?
    Com certeza!
  • O que vc faz com as maçãs em pedaços que sobraram quando o vinagre fica pronto? Pode colocar na composteira?
    Depois do vinagre pronto, a maçã não tem mais utilidade. Pode colocar na composteira sim! As culturas de microorganismo que fermentaram as maçãs são ótimas para a composteira inclusive! Claro que não se pode jogar uma quantidade grande de matéria ácida como essas maçãs pois pode causar equilíbrio. Mas apenas a quantidade que você tem para fazer vinagre pode e deve!
  • O biofilme formado tem alguma função? O que fazer com ele após o vinagre ficar pronto?
    Ele é só um produto da fermentação. Você pode deixar ele lá e adiciona-lo nas próximas leva!
  • Recomenda-se o uso do tônico facial de quanto em quanto tempo no rosto?
    Eu gosto de usar o tônico todos os dias a noite! Mas depende da pele. Acho importante você usar e sentir como sua pele reage.
  • Pode usar casca de uvas para fazer o vinagre?
    Já vi pessoas que usam, mas eu nunca fiz! Acredito que funcionaria da mesma forma.
  • Formou uma película sobre meu vinagre que parece mofo, o que fazer?"
    Se for mofo, deve-se descartar e começar de novo. Porém, é comum formar uma levedura chamada Kahm, que algumas pessoas confundem com mofo mas não é! Ela não é ruim e pode apenas ser retirada com um acolher e seguir a fermentação. Aqui nesse link voce pode ver algumas fotos de casos com kahm https://www.culturesforhealth.com/learn/natural-fermentation/white-film-cultured-vegetables-mold Eu te recomendaria deixar mais uns dias e observar para ter certeza se é mofo.
  • Posso usar kombucha como combustível para o vinagre?
    Não, pois a kombucha tem leveduras e bactérias diferentes do vinagre. Além disso, ela precisa de taninos do chá verde para se alimentar. São culturas diferentes.
  • Entrou uma mosquinha no meu vinagre e depois percebi larvas / larvinhas. O que fazer? Posso tirar as larvinhas e continuar?
    Eu recomendo começar de novo e da próxima vez cobrir com um pano com a trama mais fechadinha e cuidar pra não entrar nada!
  • Depois de infusionar o vinagre, o que faço com as cascas de cítricos?"
    Descarte como você descartaria qualquer orgânico. Aqui em casa, jogo na composteira. (Se sua composteira for minhocário, não se recomenda jogar cítricos. Você pode enterrar as cascas.)
  • Se for infusionar o vinagre com ervas como manjericão, alecrim, hortelã, podem ir frescos ou devem ser usadas secas?"
    Pode ser fresco sim! Na verdade eu prefiro usar as frescas!
  • É efetivo limpar o banheiro (vaso, pia, box) somente com o vinagre?"
    Eu prefiro o sabão em pó para limpezas mais pesadas! Mas para superfícies, eu gosto bastante do vinagre.
  • Posso congelar a maçã (para ir juntando no freezer) e quando tiver bastante fazer o vinagre?
    Pode sim! Só recomendo você descongelar antes e depois fazer a mistura, pois a maçã congelada pode matar a cultura de bactérias do vinagre que você vai introduzir!
  • Posso congelar os cítricos (Casca de limão, laranja, bergamota) para juntas e quando tiver bastante realizar a infusão? Preciso descongelar antes para fazer?"
    Pode sim! e nesse caso não tem necessidade de descongelar antes de infusionar. Pode misturar o vinagre com as cascas assim que tirá-las do congelador.
  • O vinagre infusionado não corre o risco de manchar as roupas se for utilizado como amaciante?
    Não deveria manchar pois ele é enxaguado na máquina. Nunca manchou para mim! Mas caso você sinta que está manchando, pode usar um outro vinagre (comprado) tipo o de álcool, que é incolor. Não é tão sustentável do que fazer em casa, mas ele é biodegradável e natural.
  • Dá pra usar um pote grande como o seu e ficar repondo o vinagre e colocando mais cascas? Pra sempre manter o ciclo da produção? Ou preciso de tempo em tempos zerar o pote e começar do zero?
    Pode sim! Mas recomendo renovar as cascas de tempos em tempos pois elas vão ficando muito moles e decompondo pela fermentação. Quando você perceber que elas estão perdendo a forma, pode renovar. Nesse caso eu coaria tudo, guardaria o vinagre pronto e começaria do zero, usando esse vinagre (e o biofilme) para fazer a próxima leva!
  • Posso usar o vinagre infusionado como condicionador?
    Pode com certeza! Eu só tomaria cuidado com o vinagre inficionado com cítricos, que são conhecidos por manchar a pele em contato com o sol. Prefiro passar no cabelo os infusionados com ervas!
  • Eu fiz um vinagre já faz uns 3 meses conforme a Fabi explicou, mas ele não formou um biofilme como o da Fabi no vídeo, e quando balança tem muitas bolhas. Qual próximo passo? Já posso usar? E para fazer um novo vinagre começo o processo do zero e as maçãs já usadas vão fora?"
    As bolhas são um bom sinal! Sinal de fermentação ativa. O vinagre não tem necessariamente que formar um biofilme. Uma forma de entender como está seu vinagre é provando! Como está o sabor dele? Doce? Ácido? Você pode usar as mesmas maçãs! Mas recomendo renovar de tempos em tempos pois elas vão ficando muito moles e decompondo pela fermentação. Quando você perceber que elas estão perdendo a forma, pode renovar. Nesse caso eu coaria tudo, guardaria o vinagre pronto e começaria do zero, usando esse vinagre (e o biofilme) para fazer a próxima leva!
  • O açúcar do vinagre é refinado?
    O açucar não é açucar branco refinado. É o demerara orgânico, mas pode usar o que preferir. Eu dou preferencia ao menos refinado e organico.
  • Onde encontro pó de juá?
    Em lojas naturais a granel ou na internet! Caso não encontre, pode substituir pelo pó de berinjela.
  • O que quer dizer “parte” na receita?
    Parte quer dizer uma proporção, então você pode usar a medida que quiser, respeitando as proporções. Ou seja, se você escolher usar uma colher, ou uma xícara, ou 100g, é só multiplicar isso pelas partes. Então 1 parte de canela, seria 1 colher. 2 partes de bicarbonato seriam 2 colheres.
  • Quais óleos essenciais são bons para higiene bucal?
    Meus preferidos para higiene bucal são: hortelã, melaleuca, eucalipto, canela e cravo! Mas existe uma infinidade!
  • Posso colocar cúrcuma no pó dental?
    Pode!
  • Posso usar o pó dental em crianças?
    OE mais suave, como laranja. Com certeza! Só cuidado com a quantidade de óleo essencial de hortelã para não arder. Pode substituir por um
  • Na pasta de dente, no lugar do xilitol posso usar stevia?"
    Pode sim! Funcionaria igual.
  • Se eu quiser colocar carvão ativado na pasta de dente, quanto colocar?"
    O carvão não precisa de grande quantidade, então uma proporção de mais ou menos ½ colher de chá para 4 colheres de sopa de pasta funciona! Mas eu pessoalmente não acho legal usar o carvão diariamente, por ser bem abrasivo. Se recomenda o uso no max 1x por semana.
  • Vocês já pensaram em usar esse gel da pasta de dente para outros produtos? Será que dá?
    Usamos esse gel uma vez pra fazer um “condicionador” de vinagre. Ou seja, usamos a araruta pra “engrossar” o vinagre. Ficou super legal! Com certeza é um ingrediente que dá pra explorar! Só tem que ficar atento a que tipo de receita vai ser feita, pois por ser um gel com água ele pode estragar rápido. No caso da pasta de dente ele não estraga pois a receita contém bastante minerais e óleos essenciais que conservam a receita!
  • Não acho o amido de araruta em lugar nenhum, será que posso substituir por alguma outra coisa, ou outro amido?"
    Pode sim! Pode usar amido de milho ou até de mandioca (polvilho, mas esse dá um pouc o de sabor). A textura pode ficar um pouco diferente, daí é só ajustar colocando mais ou menos água!
  • O creme dental funciona sem flúor?
    Há muitos anos eu escolho nao usar o fluor por ser uma comprovada neurotoxina e não haver um consenso científico sobre seus benefícios contra malefícios. Mas essa é uma escolha minha, baseada em pesquisa e leituras. Hoje a maioria das marcas naturais oferecem pasta de fluor justamente por essa procura de pessoas que querem deixar de usar esse produto. Caso você sinta que deseja consumir fluor, ai a unica saida é comprar pasta de farmácia mesmo.
  • Quais critérios você usa para escolher extrair entre água, óleo e álcool?"
    Eu faço com aquilo que a receita usaria. Então se a receita que tenho em mente usa álcool, eu usarei o álcool com os extratos da planta. Se a receita usa álcool e óleo, como o repelente por exemplo, eu avalio. Nesse caso, sinto que o álcool extrai mais do que o óleo, então uso ele.
  • Os extratos de plantas devem ser feitos com plantas secas ou podem ser frescas?
    Quando extraio com álcool ou água, uso fresca ou seca. Quando extraio com óleo, prefiro usar seca, pois a água na planta fresca pode fazer o óleo estragar. Mas sei que tem pessoas que fazem extrato de óleo com plantas frescas também!
  • Esse bloqueador poderia ser usado tb como uma pomada anti assaduras para bebês?
    Pode sim!!
  • Quando você faz o aromatizante por exemplo e usa cachaça como álcool, não fica cheiro de cachaça no produto final?"
    Não, pois por ser um produto aromático com óleos essenciais ou plantas bem cheirosas, o cheiro da cachaça se anula!
  • Se eu quiser usar a babosa no shampoonete, por exemplo, eu preciso fazer a extração no óleo como você ensina aqui ou só extrair o gel da planta e já posso usar direto na receita do sabonete?"
    Não precisa, pois a babosa não vai se diluir no óleo! Nesse caso você pode acrescentá-la direto na massa do sabonete, no momento que colocaria óleos essenciais.
  • É possível fazer esse processo de extração com frutas?
    Não recomendo usar frutas em cosméticos! Você poderia fazer com cascas de cítricos, como fazemos com o vinagre na aula de vinagre pra casa. Mas não usaria outras frutas pois são muito doces!
  • Triturar os produtos é melhor pra extrair?
    Siim! Quanto mais área de superfície da planta estiver tocando o líquido, mais será extraio! Triturar é uma ótima ideia.
  • Vocês sabem informar se preciso de alguma fiscalização para produzir esses tipos de cosméticos naturais pra vender? Algum órgão que va cobrar isso, essa fiscalização, ou alguma outra coisa?"
    Pela lei, é necessário ter a autorização da anvisa. Infelizmente existe grande conflito de interesse nas leis no Brasil, e no caso das regulamentações cosméticas, são influenciadas pela industria farmaceutica. A lei exige que os cosméticos sejam produzidos em ambientes industriais com diversas regras inviáveis financeiramente para pequenos produtores artesanais. Na verdade, pela lei é proibida a produção artesanal. Você pode pesquisar um pouco sobre isso no google. Agora a fiscalização já é outra coisa. É bem dificil você ser fiscalizado, o que possibilita que muitos produtores sigam com esse trabalho. É claro que é importante seguir valores de responsabilidade e higiene. Mas é nas escuras de certa forma. Caso haja denuncia, a anvisa pode entrar em contato te notificando. Nesse caso você deveria parar de produzir ou regularizar (o que custaria dezenas de milhares de reais).

Vida Manual 2023 | todos os direitos reservados

Rua Rio Grande do Sul, 295 - sala 3, Panorâmico, Garopaba - SC, CEP: 88495-000

CNPJ: 37860279/0001-93 

bottom of page